Hachi Crepe é um pedacinho do Japão em São Paulo

Conheci o crepe japonês em Harajuku, o centro da moda no Japão! Me apaixonei pelo crepe doce e, logo que ouvi falar do Hachi Crepe e Café, fui lá conferir!

Já visitei o local algumas vezes, é uma forma de relembrar um pouco minha viagem ao Japão. Claro que comecei a frequentar lá porque adorei! Veja por que em minha avaliação abaixo. 😉

Como é o crepe japonês?

Enrolado como cone, assim como o temaki, o crepe japonês existe nas versões salgada e doce. No Japão, a massa é bem levinha e um pouco adocicada. Já os recheios variam bastante – entre os salgados, é possível escolher de acordo com o tipo de carne (frango, porco, peixe, etc) e os doces são a alegria dos fãs de açúcar, com opções de frutas, chantilly, chocolate e afins.

Hachi crepe tradicional Liberdade

Crepe japonês é em formato de cone (foto: Tatiana Maebuchi)

Localização

O Hachi está localizado na Liberdade, bairro oriental de São Paulo, bem pertinho da estação São Joaquim, do lado do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social). Bem fácil de chegar!

No antigo endereço, na Avenida Liberdade, ficava próximo da estação Liberdade. Cheguei a ir lá duas vezes.

Endereço: Rua Galvão Bueno, 586 – Liberdade (próximo à estação de metrô São Joaquim, linha azul)
Site: www.hachicrepecafe.com.br
Instagram: @hachicrepecafe (lá tem mais fotos, inclusive da parte de dentro 😉 )

O funcionamento é de segunda a quinta, das 11h às 19h30; sexta e sábado, das 11h às 21h; e domingo e feriado, das 11h às 19h.

Aqui tem dicas de restaurantes na Liberdade e passeio cultural no parque! 🙂

Ambiente

A creperia está em um novo endereço, reformado. As mesas com cadeiras comportam grupos de até quatro pessoas. Já as duas que têm sofás são ideais para casais.

A decoração continua legal, com frases que te incentivam a aproveitar aquele momento de deleite ou mesmo de pausa.

Hachi Crepe decoracao Liberdade

Decoração divertida do Hachi Crepe (foto: Tatiana Maebuchi)

Serviço

A equipe é atenciosa. Talvez precise de mais sincronia.

Nesta última visita, quando cheguei, fui primeiro ao banheiro. Um moço me recepcionou e avisei que não faria o pedido naquela hora. Voltei, encontrei uma mesa e esperei ser atendida. Depois de uns minutos, decidi levantar e pedir o cardápio. Aí, sim, foi praticamente o tempo certo de fazer minha escolha e outro funcionário pegar o pedido.

– Veja aqui 5 curiosidades sobre restaurantes do Japão!

Cardápio

A especialidade é o crepe japonês, salgado ou doce, mas também há outras opções, como lanches.

O legal do menu é poder escolher um crepe doce “pronto” ou montar o seu próprio – desde o tradicional, que inclui três frutas, chantilly e cobertura, até o especial – que, além destes itens, tem também uma bola de sorvete e um stick de chocolate.

Só fiquei chateada por ter acabado o morango da última vez que fui… (Foi uma sexta-feira, já perto do horário de fechamento.)

Oferecem também bebidas geladas e quentes de chocolate e café.

Você pode ver o menu no site!

– Kare também é bom! Veja aqui qual o melhor do Japão!

Comida

Em minha primeira visita, experimentei o de Oreo (que dá pra pedir no prato, apesar de ser enrolado em cone). É muito bom, vem com pedaços do biscoito e uma bola de sorvete! Provei um pedaço do de brownie, que não superou o de Oreo.

Hachi Crepe Oreo Liberdade

O crepe de Oreo no prato, muito bom! (foto: Tatiana Maebuchi)

Já o salgado comi na segunda vez e escolhi de frango com catupiry, que veio em abundância. Comparando com o doce, é um tanto sem graça. Achei bem “light”, porque não matou minha fome. Depois de comer um tradicional estava bem.

– Falando em comida, veja as resenhas do Porque Sim, JoJo Ramen e Sukiya!

Desta última vez, pedi só um crepe tradicional doce, com kiwi, banana e manga. É uma ótima opção de sobremesa, porque tem açúcar, mas também tem fruta – e assim não me sinto tão culpada pela gordice (risos). A massa é bem leve e adocicada como a que comi no Japão. É gostoso e me faz sentir no país de origem da minha família! 🙂

– Saiba mais sobre os crepes doces no cone do Hachi Crepe!

Hachi Crepe tradicional frutas Liberdade

Crepe do Hachi é leve e gostoso, tem gostinho do Japão! (foto: Tatiana Maebuchi)

Preço

Os crepes salgados custam entre R$ 10 e 14, que é um valor razoável. Há opções light também, entre R$ 13 e 16.

Já o tradicional (com frutas, chantilly e cobertura apenas) é o mais barato e sai R$ 7,50. O especial, que tem uma bola de sorvete e um stick de chocolate, custa R$ 10, que também é um preço justo. Os adicionais mais simples, como granulado e confete, saem R$ 1 e outros como Nutella são R$ 2,50.

Os crepes doces mais incrementados – Oreo, brownie, ichigo daifuku (doce típico japonês de mochi recheado com azuki e morango) – são de R$ 11 a 14 em média. Vale a pena, porque é feito com muito carinho e é muito gostoso!

*Os preços atualizados estão no site: www.hachicrepecafe.com.br

Última visita realizada em julho de 2015

6 comentários sobre “Hachi Crepe é um pedacinho do Japão em São Paulo

  1. Morei tanto tempo no Japao que o crepe normal é o em cone e nao esse achatado no palito que tem aqui e poucas opcoes de sabores, e massa é totalmente diferente do Brasil, do Japao é muito melhor.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s