7 dicas do que fazer em Naha

Naminoue_Beach_Naha_Okinawa

Naminoue Beach é a única praia de Naha (foto: Tatiana Maebuchi)

Continuando a série de dicas do que fazer em várias cidades do Japão! Chegou a vez de falar sobre as opções de passeios e do que comer quando estiver em Naha, em Okinawa. Viajei para lá no inverno e aproveitei para conhecer bem a cidade, que é uma boa base pra visitar os arredores! 🙂

Naha é capital e a maior cidade da província de Okinawa, ilha no extremo sul do Japão. Quase totalmente destruída por conta da Batalha de Okinawa, hoje a cidade tem cerca de 320 mil habitantes e tem um importante fluxo de transporte dentro do Japão e da Ásia.

Faça a reserva de sua acomodação no Booking.com

Para quem gosta de castelos como eu, precisa visitar o Castelo de Shuri (Shuri-jo), que é bem diferente dos demais, não só pela estrutura, que não é tão alta quanto o Castelo de Osaka ou o Castelo de Himeji, por exemplo.

» Confira dicas do que fazer em Osaka!

Acredita-se que o castelo foi construído no século XIV, com medidas de 410 metros de leste a oeste e cerca de 270 metros de norte a sul, além de oito portões em estilo chinês. A estrutura original foi destruída em 1945 durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje em dia é uma das construções mais importantes de Okinawa (informações da Japan National Tourism Organization).

Descobri que Naha é muito boa para fazer compras, principalmente de lembrancinhas. Indico os shoppings Aeon Naha, que tem bastante variedade de produtos, e T-Galleria, que reúne marcas famosas e o melhor: é tax free e as coisas saem mais barato.

A rua turística da cidade é a Kokusai dori, que tem 1,6 quilômetros de extensão. Há lojas da sorveteria Blue Seal (uma dica é provar o sabor beni-imo, que é a batata doce roxa de Okinawa) e do fast food americano A&W Burger, além de várias opções de souvenir. Vale pesquisar, porque os preços variam até que bastante de loja para loja.

320x100

Um lugar interessante (e meio escondido) é o Mercado Público Makishi. Conhecido como a “cozinha de Naha”, o mercado vende a carne de porco típica da província, muito saborosa e também com bastante gordura. A carne é muito utilizada no lamen (sopa de macarrão) e dá sabor.

Falando em lamen, provei do Shuri Soba, perto da estação Shuri do monotrilho (Yui Rail) e do castelo. Achei tão gostoso que voltei lá antes de ir embora. É uma boa opção de almoço depois de uma visita ao castelo. 😉

Já o Memorial da Paz Himeyuri fica junto do Museu Memorial da Paz Himeyuri (Himeyuri Heiwa Kinen Shiryoukan), não exatamente em Naha, é preciso pegar dois ônibus para chegar lá (um do terminal de ônibus da cidade e outro do terminal da região de Itoman, onde fica o memorial e o museu). O local conta e guarda a história da Batalha de Okinawa, que se passou durante a Segunda Guerra Mundial, em 1945, depois de o Japão atacar com seus pilotos kamikazes (suicidas) a base de Pearl Harbor dos Estados Unidos em 1941.*

Ao longo da guerra, o exército japonês foi perdendo aos poucos sua capacidade de combate e passou a usar apenas táticas defensivas. Dois dos pontos estratégicos da defesa do Japão eram as ilhas Iwo Jima e Okinawa.*

Mais de 120.000 okinawanos morreram na Batalha de Okinawa, que é chamada de “Tufão de aço” (“Typhoon of Steel”, em Inglês) e “tetsu no ame” ou “tetsu no bōfū” (em Japonês) pelos habitantes de Okinawa, que significa “chuva de ferro” e “vento violento de aço”, respectivamente, uma referência à intensidade de fogo da batalha.*

*Informações dos sites Brasil Escola e Wikipedia.

A cidade conta com apenas uma praia, a Naminoue Beach. É bem estreia, se comparamos com as do Brasil. A água é bem verde, achei bem bonito. O estranho é que o horizonte fica coberto por uma espécie de viaduto.

Uma praia que me pareceu interessante é a Sunset Beach, que dizem ter uma vista linda do por do sol. Pena que como era inverno o tempo estava meio fechado e, por isso, acabei por não conhecer lá. Na verdade, fica em Mihama, também fora de Naha, a 40 minutos de ônibus de linha da cidade.

» Veja também dicas de passeios em Tokyo!


Garanta a reserva de sua hospedagem no Japão pelo Booking.com

chip internacional sim card

moeda estrangeira cambio

Facebook – blog321Viajando
Instagram – @321_viajando
Twitter – @321_Viajando
YouTube – 321Viajando

2 comentários sobre “7 dicas do que fazer em Naha

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s