Dicas do que fazer em Hiroshima

Hiroshima_Parque_Memorial_Paz_Japao

Parque Memorial da Paz é um passeio imperdível em Hiroshima (foto: Tatiana Maebuchi)

Hiroshima é uma cidade cheia de história e, por isso, você deve incluir em seu roteiro de viagem ao Japão. Foi uma experiência única estar lá e ver o que a gente aprende por meio de livros na escola. Ainda mais porque foi o primeiro destino no país que visitei e o primeiro trecho que fiz de shinkansen (trem-bala).

A cidade histórica, localizada na província homônima, foi alvo da primeira bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial, no dia 6 de agosto de 1945, que vitimou 140 mil pessoas.

O Memorial da Paz de Hiroshima (Genbaku Doumu ou Cúpula da Bomba Atômica) foi a única estrutura que restou depois da explosão e é conservada desde 1966, graças à iniciativa do Conselho da Cidade de Hiroshima.

Hiroshima_Cupula_Bomba_Atomica_Japao

A Cúpula da Bomba Atômica é a única estrutura que resistiu à bomba atômica (foto: Tatiana Maebuchi)

A cúpula, declarada em 1996 como Patrimônio Mundial da UNESCO, fica dentro do Parque do Memorial da Paz, onde também está o Museu do Memorial da Paz, aberto em 1955, que é imperdível por contar detalhes deste período da história e suas consequências.

» Confira também dicas de passeios em Naha, Okinawa!

Apesar disso, o parque transmite uma sensação de paz e tranquilidade. Fiquei impressionada!

Uma das comidas típicas que provei foi o okonomiyaki, espécie de panqueca com legumes e carnes variadas que existe em diferentes versões de acordo com cada cidade. Achei bem gostoso, a base era de macarrão (soba). Fica a dica! 😉

Hiroshima_okonomiyaki_Japao

A dica de comida típica de Hiroshima é o okonomiyaki (foto: Tatiana Maebuchi)

Para ver mais sobre Hiroshima, acesse o site oficial de informações turísticas: visithiroshima.net.

320x100

→ Dica de roteiro: inclua também a cidade de Himeji, que tem um castelo enorme e muito interessante, construído na metade do século XIV. O Castelo de Himeji foi declarado Tesouro Nacional do Japão em 1931 e Patrimônio Cultural da Unesco em 1993.

Outro passeio (imperdível) é a ilha de Miyajima, que fica a 20 km do centro de Hiroshima e é conhecida pelo portal (em Japonês, torii) que “flutua” na água na maré alta. Em Miyajima está também outro Patrimônio Mundial da Unesco, o Santuário de Itsukushima, que mesmo num dia nublado me deixou maravilhada por sua arquitetura.

» Saiba quais são as informações importantes para viajar ao Japão!

→ Dica de acomodação: Hana Hostel, super perto da estação de trem Hiroshima da JR. Você também pode ver outras opções no Booking.

Garanta a reserva de sua hospedagem no Japão pelo Booking.com

chip internacional sim card

moeda estrangeira cambio

Facebook – blog321Viajando
Instagram – @321_viajando
Twitter – @321_Viajando
YouTube – 321Viajando

4 comentários sobre “Dicas do que fazer em Hiroshima

  1. Fiquei tão emocionada que queria me teletransportar para lá agora. Admiro muito a cultura japonesa e a capacidade que esse povo tem de ser determinado e se recuperar.
    Esse lugar realmente merece ter um Patrimônio Histórico da Humanidade, para não deixar a gente esquecer das atrocidades que podemos fazer com outros seres humanos. Porque nada justifica a maldade contra outras vidas.
    Adorei seu post, sua mensagem e suas dicas. 🙂

    Dayana
    http://www.lolepocket.com.br

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s