Brasileira! – Parte 5 | Uruguai

Montevideu_TeatroSolis_Uruguai

Mais uma aventura como descendente de japoneses, em Montevidéu! (foto: Tatiana Maebuchi)

Eis que chego ao quinto capítulo de minha saga depois de me aventurar mais uma vez fora do Brasil. Visitei o Uruguai, a terra da parrilla, alfajor e mate, além do fanatismo pelo futebol (que nem imaginava que existia lá).

Primeiro, quero deixar registrado que não se deve “menosprezar” nossos vizinhos e hermanos da América do Sul – e isto inclui a Argentina. Além de ser pertinho do Brasil, a moeda (peso argentino) é mais barata e estável que o dólar ou o euro. Dá pra fazer uma viagem curta, agradável e que – com certeza – vai deixar muitas boas lembranças.

» Confira motivos para viajar pela América do Sul!

Por ter cara de asiática, mais uma vez estive “camuflada”, apenas observando o ambiente – e os muitos brasileiros espalhados por Montevidéu. A pouca interação que tive com conterrâneos foi até engraçada e inesperada, porque me disseram “bye”.

O que observei foi algo que já é incontestável: muitos turistas brasileiros não sabem falar Inglês ou Espanhol ou outra língua estrangeira e podem ter dificuldades para se comunicar. Nem sei se o mais bizarro é as pessoas falarem mesmo em Português ou arriscarem hablar o famoso portunhol que me faz doer os ouvidos (falou a louca dos idiomas!, hahaha). Confesso que em momentos como estes sinto vergonha alheia e tento evitar que me identifiquem como tupiniquim – ou quase isso.

Por outro lado, é bem legal interagir com nativos e praticar o espanhol (enferrujado) in loco. Como sou curiosa e já tento me planejar o mínimo antecipadamente, chego aos lugares já com muitas dúvidas e, claro, nunca deixo de esclarecê-las e ainda pedir recomendações. Mas o mais legal mesmo é receber elogios! Um senhor – que concluí ser o dono de um restaurante onde almocei – viu uma garota sozinha pedir um super prato de churrasco e decidiu conversar. Foi mais ou menos assim:

– Por que você não pediu meio prato?
– Não sabia que poderia pedir.
– Sim, claro que sim!
– Ah, não sabia…
– De onde você é?
– Sou do Brasil.
– Ah, é?! Você fala muito bem o castelhano!
– Obrigada! É que estudei dois anos de espanhol no Brasil e…

Ele saiu andando e ganhei o dia! 😀

Outra conversa interessante foi com uma vendedora de uma loja de roupa. Perguntou de onde era e o que achei da cidade. Comentou que admira quem viaja sozinho e etc. Quando ela descobriu que sou brasileira, disse que conhece Florianópolis e que quer ir para o Rio de Janeiro – tinha ouvido falar de São Paulo.

E sempre tem aquele que quer adivinhar minhas raízes. Em outro restaurante, um jovem senhor preparava os famigerados panchos (hot dogs) e logo “chutou” que minha família é do Japão. Como entendi que ele queria saber de onde sou, respondi que não. E começou o festival de países asiáticos até que nos entendemos e confirmei que minha origem é nipônica. Ele logo comentou que um vizinho dele é japonês e mora há 20 anos no Uruguai. Por isso, com certo orgulho, justificou como conseguiu me identificar.

É curioso como cada viagem prepara surpresas como estas e, no fim, acabo me divertindo com elas. A crise de identidade fica em segundo plano e toda vez volto com uma nova história – além de tantas outras sobre outros assuntos – para contar!

Garanta a reserva de sua acomodação no Uruguai pelo Booking.com

» Leia aqui a saga completa!

Texto adaptado e originalmente publicado em meu blog pessoal Reflexões Poéticas

Facebook – blog321Viajando
Instagram – @321_viajando
Twitter – @321_Viajando
YouTube – 321Viajando

2 comentários sobre “Brasileira! – Parte 5 | Uruguai

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s